BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"

04 Outubro 2018 - 10:31

Preso por estupro, homem deixa a cadeia e mata a filha de 13 anos

Foto: Reprodução

A Polícia Civil está à procura de um homem de 28 anos suspeito de matar a filha de 13 anos a facadas, na madrugada desta quarta-feira (3), na cidade paulista de São Roque. Horácio Nazareno Lucas estava preso desde julho, quando passou a cumprir pena por estuprar a cunhada em 2012. No entanto, após ser solto nesta terça (2), ele foi para casa, matou a filha e fugiu. De acordo com a polícia, uma viatura foi chamada para atender a uma ocorrência de violência doméstica, porém, quando a equipe estava a caminho do bairro, foi surpreendida por um menino de 6 anos pedindo socorro, afirmando que o pai havia matado a irmã. Policiais militares foram até o sítio da família e encontraram Letícia Tanzi Lucas, de 13 anos, inconsciente e ferida na sala. A estudante foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada à Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo o boletim de ocorrência feito para registrar o crime, ao ir para casa após ser solto, Horácio começou a discutir com a mulher sobre o motivo dela e da filha terem aberto uma denúncia contra ele. O suspeito ficou nervoso, agrediu a mulher com socos e tentou esganá-la. Ela conseguiu fugir para a casa de uma vizinha, para pedir socorro. O documento policial relata que o homem trancou o filho mais novo no quarto e deu várias facadas na filha, que estava na sala. Em seguida, o criminoso fugiu por um matagal.
 

04 Outubro 2018 - 08:57

Governo adia início do horário de verão para 18 de novembro

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

O horário de verão não mais terá início no dia 4 de novembro e sim em 18 de novembro. A mudança foi pedida pelo Ministério da Educação para não atrapalhar os estudantes que farão as provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em todo o país. Inicialmente, o pedido foi feito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A Corte pediu que a mudança de horário só ocorresse depois das eleições para evitar atrasos na apuração dos votos e na divulgação dos resultados. O segundo turno ocorrerá no dia 28 deste mês. Já a data final para o horário de verão foi mantida para o terceiro domingo de fevereiro de 2019. Atualmente, adotam o horário de verão os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.
 

21 Setembro 2018 - 19:23

Horário de verão pode ser extinto no Brasil

Foto : Edilson Rodrigues/Agência Senado

A Comissão de Infraestrutura do Senado analisa a extinção em definitivo do horário de verão em todo território nacional. A medida foi proposta pelo senador Airton Sandoval (MDB-SP) e é relatada pelo senador Valdir Raupp (MDB-RO). Sandoval afirma que a tese de que o horário de verão reduz uso de energia com iluminação artificial não sobrevive a uma análise econômica mais ampla. No projeto, o Senado cita estudos que traçam uma relação entre a adoção do horário de verão com o desenvolvimento de doenças e problemas de saúde, como aumento de infartos do miocárdio, pressão arterial e agravamento do diabetes mellitus tipo 2. O projeto também vai ser analisado pela CAE (Comissões de Assuntos Econômicos) e pela CCJ (Comissões de Constituição, Justiça e Cidadania), cabe à última a decisão final.

11 Setembro 2018 - 09:14

Ex-governador do Paraná e candidato ao Senado, Beto Richa é preso

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ex-governador do Paraná e  candidato ao senado pelo PSDB, Beto Richa, foi preso na manhã desta terça-feira (11). O político é um dos investigados na Operação Lava Jato.O objetivo da investigação é a apuração de suposto pagamento milionário de vantagem indevida no ano de 2014 pelo Setor de Operações Estruturadas do Grupo Odebrecht, em favor de agentes públicos e privados no Estado Paraná, em contrapartida ao possível direcionamento do processo licitatório para investimento na duplicação, manutenção e operação da rodovia estadual PR-323 na modalidade parceria público-privada. Os presos serão conduzidos à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba/PR onde permanecerão à disposição da Justiça.

29 Agosto 2018 - 20:58

Envolvidos em polêmica de salário, saiba quanto ganham William Bonner e Renata Vasconcellos

(Foto: João Cotta / Globo)

Na noite de terça-feira (28), a participação de Jair Bolsonaro na bancada do Jornal Nacional acabou gerando uma grande repercussão nas redes sociais. Principalmente, no que diz respeito ao embate dele com Renata Vasconcellos. Do início ao fim, a conversa entre os dois jornalistas e o presidenciável foi bastante tensa e diversos momentos tornaram os assuntos mais comentados da internet, dentre eles, um bastante específico em que o candidato foi questionado sobre as atitudes que tomaria para equiparar o salário entre mulheres e homens. Foi então que Jair Bolsonaro falou que muito possivelmente existia uma diferença salarial entre os âncoras William Bonner e Renata Vasconcellos. Indignada com a presunção do candidato, a jornalista tomou a palavra e deu uma resposta que a fez ser ovacionada em toda a internet. “Eu poderia até como cidadã, e como qualquer cidadão brasileiro fazer questionamentos sobre seus proventos, porque você é um funcionário público, deputado há 27 anos e eu como contribuinte ajudo a pagar o seu salário. O meu salário não diz respeito a ninguém e eu posso garantir ao senhor como mulher, que eu jamais aceitaria receber um salário menor de um homem que exercesse as mesmas funções que eu”, rebateu ela. Após a declaração da jornalista, muitos telespectadores que acompanharam a entrevista ficaram curiosos para saber quanto ela recebe, assim como o seu parceiro de bancada, William Bonner. De acordo com o site da afiliada da TV Globo, RBS, Renata ganha, em média, um salário acima dos R$ 200 mil. Além de âncora, ela exerce o papel de editora executiva. O salário do ex-marido de Fátima Bernardes, no entanto, é um pouco maior, visto que ele exerce a função de editor-chefe do jornalístico. William Bonner receberia da Rede Globo um montante no valor de R$ 2 milhões. No entanto, vale dizer, que tanto ele quanto Renata Vasconcellos são impedidos pela emissora de atuarem em campanhas publicitárias. Nenhum membro do jornalismo do canal pode trabalhar com a promoção de sua imagem. Fátima Bernardes, por sua vez, que já fez parte da bancada do Jornal Nacional, recebe mensalmente da Globo um salário de R$ 1,5 milhões, mas tornou-se garota propaganda de diversos produtos e serviços e fatura por mês um montante de R$ 11,5 milhões.

07 Agosto 2018 - 13:17

CBF abre mão de recuperar dinheiro desviado por ex-presidente preso

Foto : Ricardo Stuckert/ CBF

A Confederação Brasileira de Futebol não fez qualquer tipo de solicitação para recuperar o dinheiro desviado pelos antigos cartolas. Segundo o Estadão, a Justiça deu até ontem (6) para que os interessados apresentem as solicitações em relação a José Maria Marin, preso nos Estados Unidos. Não houve qualquer solicitação da entidade. Procurada, a CBF optou por não se pronunciar. Hoje, ela é presidida por Antonio Nunes, considerado como um "fantoche" de Marco Polo Del Nero que, por sua vez, foi vice de Marin e ainda hoje aliado de Ricardo Teixeira. A estimativa da Justiça norte-americana é de que os três últimos dirigentes brasileiros teriam fraudado a CBF em milhões de dólares. Apenas Marin e Marco Polo Del Nero teriam sido responsáveis por uma corrupção equivalente a mais de US$ 13 milhões (cerca de R$ 48,5 milhões).

30 Julho 2018 - 18:33

Sem vencedor, Mega-Sena acumula e pode premiar R$ 6 milhões na próxima quarta-feira

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

Como nenhuma aposta acertou as dezenas sorteadas no concurso 2.063 da Mega-Sena, o prêmio de R$ 3 milhões foi acumulado. Agora, o sorteio da próxima quarta-feira (01) pode premiar R$ 6 milhões. No concurso realizado no sábado (28) pela Caixa Econômica Federal, os números sorteados foram 06, 10, 19, 24, 25 e 29. Com 94 apostas certas, a Quina vai premiar cada vencedor com R$ 16.561,93. Já a Quadra vai pagar R$ 403,56 para cada um dos 5.511 ganhadores.

18 Julho 2018 - 21:34

EBC registra farra de atestados médicos de funcionários, diz coluna

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

Nos últimos seis meses, os funcionários da Empresa Brasil de Comunicação apresentaram 2.845 atestados médicos e pedidos de afastamento, o que dá quase 16 por dia. De acordo com a Coluna do Estadão, o número é maior do que o quadro da empresa, que tem 2.307 empregados que trabalham na TV, rádio e agência online de notícias oficiais do governo federal. Um acordo coletivo permite aos funcionários até mesmo faltarem cinco vezes ao trabalho para acompanhar parentes em consultas ao médico ou ao dentista. Outra vantagem: empregado só perde o salário integral após quatro meses de afastamento. O acordo coletivo dos funcionários da EBC garante que eles apresentem atestado para acompanhar consultas médicas do cônjuge, companheiro, pai, mãe, filho, enteado, irmão ou dependente legal.

18 Julho 2018 - 20:54

Brasil teve mais de 21 mil assassinatos de janeiro a maio de 2018

Foto: Arquivo

Ao menos 21.305 pessoas foram assassinadas nos cinco primeiros meses deste ano no Brasil. É o que mostra o índice nacional de homicídios criado pelo G1, uma ferramenta que permite o acompanhamento dos dados de vítimas de crimes violentos mês a mês no país. O número de vítimas é ainda maior que esse – isso porque a estatística não comporta os dados totais de cinco estados, que não divulgam todos os números. O número consolidado até agora contabiliza todos os homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, que, juntos, compõem os chamados crimes violentos letais e intencionais. Foram pelo menos 3.346 casos apenas em maio. O mapa faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.
 

14 Julho 2018 - 10:08

Com R$ 381 mil, Lula lidera arrecadação via vaquinha virtual

Foto : Ricardo Stuckert

Com R$ 381 mil, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a arrecadação via vaquinha virtual, conforme levantamento do jornal Folha de São Paulo. Segundo a publicação, até a tarde de ontem (13), o petista já tinha 4.096 doações. Na sequência, está o pré-candidato pelo Novo, João Amoêdo, que arrecadou R$ 265,8 mil. O terceiro colocado é o presidenciável do PDT, Ciro Gomes, com R$ 44,2 mil.

Confira:

Lula (PT): 381 mil
João Amoêdo (Novo): 265,8 mil
Ciro Gomes (PDT): 44,2 mil
Manuela D’Ávila (PCdoB): 40,4mil
Álvaro Dias (Podemos): 28,8 mil
Guilherme Boulos (PSOL): 25,2 mil
Paulo Rabello (PSC): 3,3 mil
João Goulart Filho (PPL): 1,8 mil

07 Julho 2018 - 18:23

Multas de trânsito poderão ser parceladas no cartão

Foto : Wilson Martines/PRF

O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) aprovou as novas regras para o pagamento das infrações cometidas pelos motoristas.  A resolução foi publicada no Diário Oficial de ontem (6). Com a mudança, as possibilidades de pagamento das multas de trânsito aumentaram. Agora, os débitos passam a poder ser quitados com cartões e de forma parcelada. O motorista pode parcelar mais de uma multa. O pagamento vai poder ser organizado para mais infrações, em parcelas ou no conjunto dos débitos um veículo tenha com um departamento de trânsito. Ao parcelar, o condutor fica liberado de pendências como a do licenciamento do automóvel.

30 Junho 2018 - 13:46

Acumulada, Mega-Sena paga R$ 4,5 milhões hoje

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

A Mega-Sena poderá pagar ao sortudo que acertar os seis números do jogo R$ 4,5 milhões no concurso que será sorteado hoje (30). O prêmio está acumulado porque nenhum apostador acertou os números do sorteio anterior, realizado na última quarta (27). Segundo a Caixa Econômica, o dinheiro, se aplicado na poupança, poderia render R$ 16 mil por mês. O sorteio será feito às 20h, no Caminhão da Sorte, que está em Campina Grande (PB).

29 Junho 2018 - 18:22

Moraes nega liberdade a Lula e arquiva pedido da defesa para enviar caso à Segunda Turma do STF

Foto: Reprodução

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, negou nesta sexta-feira (29) o novo pedido de liberdade apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na mesma decisão, Moraes arquivou o pedido dos advogados para que o caso fosse analisado pela Segunda Turma do tribunal, não pelo plenário da Corte. Condenado a 12 anos e 1 mês de prisão, em regime inicialmente fechado, Lula está preso desde 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR). A defesa de Lula apresentou ao STF pedidos de liberdade e questionou recente decisão do ministro relator da Lava Jato, Luiz Edson Fachin, de encaminhar outro pedido para julgamento em plenário. Para os advogados, Fachin feriu o princípio do juiz natural, que garante ao acusado ser julgado pelo juízo competente. Ao considerar improcedente a reclamação de Lula, por consequência, Alexandre de Moraes negou um de seus principais pedidos: para que Lula fosse solto e aguardasse recursos aos tribunais superiores em liberdade. Na decisão de sete páginas, o ministro Alexandre de Moraes considerou "duvidoso" o cabimento da reclamação. Para ele, também não há indício de que o juiz natural foi violado porque, se a competência é do STF, independentemente de turma ou plenário. "O plenário do Supremo Tribunal Federal torna-se o Juízo Natural para a realização do Devido Processo Legal das questões afetadas, seja pelo próprio Ministro relator, seja por uma das Turmas; com, obviamente, toda independência e imparcialidade necessárias para a decisão", afirmou. Na avaliação de Alexandre de Moraes, o regimento permite o envio de processos para o plenário por parte do relator. Ele não viu "ilegalidade" no ato de Fachin ao retirar o caso da Segunda Turma. "Na presente hipótese, portanto, a competência do STF, pela interpretação das regras constitucionais, legais e regimentais, poderá ser exercida pelo Plenário, salvo se esse órgão máximo do Tribunal recusar. Inexiste, portanto, ilegalidade no ato impugnado", afirmou o ministro. Moraes também negou um pedido adicional feito pela defesa de Lula para que o pedido fosse redistribuído a algum dos ministros da Segunda Turma.

21 Junho 2018 - 21:07

Temer estima tirar R$ 1 bi do Fies para financiar Segurança Pública

Foto : Fernando Aguiar

O governo do presidente Michel Temer (MDB) estima que a medida de destinar recursos das loterias federais para o Fundo Nacional da Segurança Pública vai causar prejuízo de R$ 1 bilhão para o Fundo de Financiamento Estudantil. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, o valor representa 15% dos R$ 6,3 bilhões destinados pelo Tesouro Nacional ao programa no ano passado. Em 2017, o Fies recebeu R$ 1,3 bilhão repassado pela Caixa Econômica Federal da arrecadação das loterias. A medida também vai cancelar os recursos repassados aos setores de cultura e esporte, bem como à Cruz Vermelha, à Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) e às Santas Casas.