BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"

04 Abril 2018 - 10:58

Exército está ‘atento às suas missões institucionais’, alerta comandante

Foto: Tv Globo

Comandante do Exército, o general Eduardo Villas Bôas afirmou no Twitter que as forças armadas estão “atentas à sua missão institucional”. O comentário do militar aconteceu horas antes do julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula pelo STF (Supremo Tribunal Federal), na noite de ontem (3). "Asseguro à Nação que o Exército Brasileiro julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade e de respeito à Constituição, à paz social e à democracia, bem como se mantém atento às suas missões institucionais", publicou. Na primeira postagem, o general escreveu: "Nessa situação que vive o Brasil, resta perguntar às instituições e ao povo quem realmente está pensando no bem do país e das gerações futuras e quem está preocupado apenas com interesses pessoais?". Quarenta e cinco minutos depois das postagens, os comentários tinham cerca de 4,5 mil "curtidas". O comandante do Exército tem 118 mil seguidores no Twitter. As afirmações do general surgem em um momento de tensão social e política, com protestos ocorridos ou marcados em várias partes do país contra e a favor de Lula. Em resposta ao general, o comandante militar da Amazônia até o mês passado, general Antonio Miotto, afirmou: "Comandante! Estamos juntos na mesma trincheira! Pensamos da mesma forma! Brasil acima de tudo! Aço!".

02 Abril 2018 - 12:28

Pré-candidato a presidente, Alckmin tenta conciliar discurso para atrair tucanos e petistas

Foto: Divulgação

Presidenciável pelo PSDB, o governador Geraldo Alckmin vai entrar oficialmente em pré-campanha no dia 8 de abril com uma estratégia formatada para tentar recuperar terreno em redutos tucanos e ao mesmo tempo atrair o eleitorado historicamente petista, mas que deve ficar ”órfão” do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, se ele ficar inelegível pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A fórmula, segundo auxiliares, aliados e conselheiros do tucano ouvidos pelo Estado, é manter a defesa do aperto fiscal na economia e reforçar o tom conservador na segurança pública, mas ao mesmo tempo adotar bandeiras identificadas com a esquerda no campo social. Em vez de falar em estado mínimo, Alckmin vai voltar às raízes da social democracia tucana e defender o fortalecimento de uma ”rede de proteção social”. Isso inclui um cardápio de propostas que vai de mudanças na remuneração do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para garantir ganhos acima da inflação, reformulação e ampliação do seguro desemprego, abono salarial e defesa intransigente de um programa visto como vitrine petista: o Bolsa Família. ”O Bolsa Família é uma conquista do Brasil. Criado e aperfeiçoado por vários governos desde FHC (Fernando Henrique Cardoso). Porém, a rede de proteção social vai além. Uma das nossas preocupações centrais será com o FGTS”, disse ao Estado o jornalista Márcio Aith, estrategista de Alckmin e coordenador de comunicação do PSDB nacional. Segundo ele, há um grande volume de recursos parados rendendo hoje abaixo da inflação. ”Vamos dar ao fundo o mesmo status que o mercado dá aos investidores. É a correção de uma injustiça histórica. Para os trabalhadores, isso significará mais respeito e mais renda”. O cientista político Luiz Felipe D’Ávila foi incorporado à equipe de programa de governo de Alckmin, comandada por Persio Arida, para coordenar as propostas sociais. ”Nas redes sociais, o foco será mostrar como ele tem equilíbrio entre o econômico e o social. A partir do dia 8, Alckmin vai deixar de falar de sua agenda e se apresentar como candidato, com propostas consistentes”, disse o publicitário Lula Guimarães coordenador de redes sociais do governador e cotado para ser seu marqueteiro na campanha. No campo da segurança pública, ao contrário do presidenciável e deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), Alckmin evita um discurso pró-armamento, mas planeja discutir no Congresso uma ideia controversa: apresentar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para ”dar poder de polícia às guardas municipais, cuja atribuição hoje é defender o patrimônio, e não a população”.

31 Março 2018 - 17:45

Homem invade  encenação de Paixão de Cristo para 'salvar Jesus' e agride ator com capacete

Foto: Reprodução

Um homem invadiu um palco durante encenação da Paixão de Cristo e bateu com um capacete em um dos atores que interpreta um soldado. O fato aconteceu na noite de ontem, em Nova Hartz, Rio Grande do Sul. O agressor, que não teve a identidade relevada, teria invadido a encenação para "salvar Jesus". De acordo com o jornal Panorama, da região do Vale do Paranhana, outro ator levou um soco ao tentar impedir o agressor, que acabou rendido pelos demais participantes da peça. Um irmão do invasor que esteve no local alegou que o homem tomava remédios e sofria de surtos psicóticos. Os atores agredidos impediram que ele fosse levado embora antes do registro de boletim de ocorrência.

Veja o vídeo:

30 Março 2018 - 09:09

Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Semana Santa

Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou na madrugada de quinta-feira (29) a Operação Semana Santa, que vai reforçar o policiamento ostensivo e preventivo em todo o Brasil até domingo (01). A ação conta com todo o efetivo da corporação e vai dar prioridade aos locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade. Serão utilizados 250 radares, 1.824 etilômetros (bafômetros), 484 motocicletas e 1.398 viaturas. Para garantir proteção aos passageiros, a equipe de agentes vai moderar o tráfego de veículos de carga nas rodovias, em horários de circulação mais intensa, e aumentar o monitoramento, observando se motoristas estão alcoolizados ou se utilizam o cinto de segurança. Para que os condutores se percebam como responsáveis em caso de acidentes e estejam conscientes de ações capazes de reduzi-los, a polícia rodoviária também vai implementar  ações de educação no trânsito.
 

28 Março 2018 - 22:55

Temer diz que ataque a Lula cria instabilidade e que ameaça a Fachin não pode acontecer

Foto: Beto Barata/PR

O presidente Michel Temer (MDB) lamentou hoje (28), em post feito no Twitter, o ataque sofrido pela caravana do ex-presidente Lula (PT), no Paraná. No texto, o emedebista afirmou que desde que assumiu o governo tem dito que “essa onda de violência” e de “clima de uns contra os outros” não pode continuar. As ameaças à família do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), também foram lembradas pelo presidente. Em entrevista à rádio Band News de Vitória, no Espírito Santo, Temer disse que a ameaça a um ministro “não pode acontecer no país”.  De acordo com ele, o clima está “muito ruim” e o governo federal está “tomando todas as providências para que não haja conflito”.

28 Março 2018 - 22:33

Senado aprova projeto que eleva pena para roubo a caixa eletrônico com explosivo

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

O Senado aprovou na terça-feira (27) o projeto que endurece as penas para diversas modalidades de roubo, incluindo o de caixas eletrônicos com uso de explosivos (PLS 149/2015). O texto final incorporou modificações da Câmara dos Deputados que obrigam os bancos a instalarem dispositivos que inutilizem as cédulas dos caixas atacados. O projeto segue agora para sanção presidencial. A medida eleva em dois terços a pena por roubo quando há uso de explosivos para destruir um obstáculo. Já a prática de furto com o emprego de explosivos passa a ser uma modalidade de furto qualificado, com pena de quatro a dez anos de prisão. O furto e o roubo de equipamentos explosivos também teve suas penas aumentadas: quatro a dez anos de prisão, para o caso de furto, e elevação da pena em até 50%, para o caso de roubo. Além disso, o roubo realizado com uso de armas também teve sua punição agravada: passa a render aumento de dois terços da pena. Caso o ato de roubo resulte em lesão corporal grave contra a vítima, a pena para o criminoso passa a ser de sete a 18 anos de reclusão – atualmente, a pena é de 7 a 15 anos. Aprovado com modificações na Câmara no final de fevereiro, o PL originário do Senado precisou retornar à Casa para que sua tramitação fosse concluída. A medida altera trechos do Decreto-Lei nº 2.848, um dispositivo legal do Código Penal da década de 1940. Atualmente, a legislação prevê pena de dois a oito anos de reclusão e multa para o crime de furto qualificado. O texto também estabelece que as instituições financeiras serão obrigadas a instalarem equipamentos que inutilizem as cédulas depositadas em caixas eletrônicos em caso de arrombamento, movimento brusco ou alta temperatura.
 

28 Março 2018 - 22:28

Ministério da Saúde libera R$ 1 bilhão em apoio aos municípios

Foto: Gabriel Domingues | Gráfica Mix

O Governo Federal vai destinar R$ 1 bilhão para garantir o financiamento das ações e serviços públicos de saúde para todos os municípios brasileiros e o Distrito Federal. A medida é uma resposta as dificuldades financeiras emergenciais que as cidades estão tendo para garantir o acesso à saúde pública a população. O recurso vai custear ações na atenção básica, média e alta complexidade, assistência farmacêutica, vigilância em saúde e gestão do SUS. O recurso será repassado via Fundo Nacional da Saúde. “Esse recurso é destinado aos municípios para investirem na assistência. Os gestores terão autonomia para definir onde será aplicado. Estamos flexibilizando todas as regras para que os municípios tenham o poder de decisão, formulando uma política que dialoga com o município. Nós liberamos o recurso, mas cabe ao gestor definir a aplicação de acordo com sua necessidade local. A questão da simplificação da desburocratização do custeio que está funcionando muito bem. Então a simplificação e empoderamento dos municípios é fundamental”, explicou o ministro da Saúde, Ricardo Barros. A ação está prevista na Medida Provisória nº 815, que dispõe sobre a prestação de apoio financeiro pela União aos entes federativos que recebem o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) em 2018. O recurso total previsto na MP deve ser destinado preferencialmente nas áreas da saúde e educação.  Cada município deve prestar contas sobre a aplicação dos recursos relativos ao apoio financeiro por meio do Relatório Anual de Gestão (RAG). A Portaria entra em vigor na data da sua publicação e o repasse do apoio fica condicionado à prévia disponibilidade orçamentária e financeira.

27 Março 2018 - 23:50

Caminhonete capota e tabletes de maconha ficam espalhados em rodovia do MS

Foto: Divulgação / PMR

Tabletes de maconha ficaram espalhados na BR-060, região de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, após abordagem da Polícia Rodoviária a duas caminhonetes suspeitas de carregar entorpecentes nesta terça-feira (27). Segundo o G1, a Polícia Militar Rodoviária informou que deu ordem de parada a dois motoristas que trafegavam em caminhonetes a 2km da área urbana. Um deles parou e o outro teria jogado o veículo em alta velocidade na direção dos policiais. Pouco tempo depois, a caminhonete capotou e o motorista fugiu. Durante o acidente, diversos tabletes de maconha ficaram espalhados no asfalto. Após a abordagem, o motorista da outra caminhonete foi preso. Em depoimento, ele contou que os dois seguiam para Goiânia, onde deixariam as drogas.

 

25 Março 2018 - 11:02

Mega-Sena: ninguém acerta dezenas e prêmio acumula em R$ 30 mi

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

Ninguém acertou as seis dezenas sorteadas no concurso 2.025 da Mega-Sena e o prêmio acumulou em R$ 30 milhões. O sorteio aconteceu ontem às 20h na cidade de Campo Limpo Paulista, em São Paulo. Os números sorteados foram: 04 - 24 - 46 - 52 - 55 - 56. A Quina teve 53 acertadores. Cada um levou R$ 47.718,26. Outras 3.730 pessoas acertaram na Quadra. O prêmio para cada uma é R$ 968,62. A estimativa de prêmio era de R$ 25 milhões. O concurso 2.026 da Mega-Sena acontece na próxima quarta-feira (28).

24 Março 2018 - 20:59

Boletos vencidos acima de R$ 800 podem ser pagos em qualquer banco

Foto: Reprodução

Boletos vencidos acima de R$ 800 poderão ser pagos em qualquer banco a partir de hoje (24). De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), a mudança faz parte da nova plataforma de cobrança implantada. A partir de 26 de maio, serão permitidos os boletos acima de R$ 400. O projeto inicial era que a nova plataforma incluísse todos os boletos a partir do fim de 2017, oq ue terminou não acontecendo.“Foi necessária uma adaptação para garantir a segurança e a tranquilidade no processamento, em função do elevado número de documentos”, justificou a federação. Segundo a entidade, são processados cerca de 4 bilhões de boletos por ano no país", explicou a Febraban.

21 Março 2018 - 11:04

Cinco câmeras no trajeto que Marielle fez antes da morte estão desligadas

Foto: Reprodução

Apenas seis das 11 câmeras de segurança da Prefeitura do Rio de Janeiro, localizadas no percurso de cerca de três quilômetros feito pleo motorista Anderson Gomes e pela vereadora Marielle Franco (PSOL), estavam em funcionamento no dia do crime, de acordo com o G1. A primeira, ainda na Rua do Senado, e a última, na Rua João Paulo I, não constam no sistema do Centro de Operações da Prefeitura, mas somente no da Companhia Estadual de Tráfego do Rio (CET-Rio). Não há informações sobre a operação delas. Outra, no Largo do Estácio, consta como defeituosa, mas funciona e revelou que a perseguição foi feita por dois carros. "A câmera de trânsito do Largo do Estácio é de baixa definição mas foi suficiente para descobrirmos que tinham dois carros seguindo. Consegue ver a cor, a marca. É uma informação para a investigação", diz o secretário da Casa Civil, Paulo Messina. Segundo ele, porém, as câmeras de trânsito têm resolução limitada e finalidade exclusiva de acompanhar o tráfego. Messina diz que as imagens dos equipamentos inoperantes pouco contribuiriam para a polícia e que a Prefeitura tem planos para anexar ao Centro de Operações (COR) um órgão ligado à segurança pública, com videomonitoramento.

19 Março 2018 - 13:17

Deputado preso mantém salário e R$ 146 mil por mês para manutenção do mandato

Foto: Reprodução

O deputado federal João Rodrigues (PSD-SC) continua a receber o mesmo salário e mantém todos os recursos oferecidos aos parlamentares mesmo preso há mais de um mês em regime fechado. De acordo com o Estadão, o político recebe mais de R$ 146 mil em auxílios para manutenção do mandato, além do salário de R$ 33.763. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que vai esperar a decisão da Vara de Execuções Penais (VEP) do Distrito Federal sobre o pedido do congressista para trabalhar durante o dia. Rodrigues foi preso em 8 de fevereiro por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), mas o Legislativo só foi notificado do encarceramento em 21 de fevereiro. Maia disse que vai aguardar mais alguns dias para que a VEP delibere sobre o pedido, procedimento que ele também adotou quando o emedebista Celso Jacob (RJ) foi detido no ano passado. “Vamos esperar a decisão que deve acontecer nos próximos dias”, respondeu Maia. A única medida tomada até o momento pelo democrata foi mandar cortar do salário as faltas nas sessões da Casa. Os descontos variam conforme o número de sessões realizada no mês sobre 62,5% da remuneração mensal, o equivalente a R$ 21.101,88. “Isso é automático”, disse Maia.

18 Março 2018 - 10:22

Governo vai revogar resolução que exigiria prova para renovar a CNH

Foto: Reprodução

O Ministério das Cidades informou na noite deste sábado (17) que a norma que mudava as regras para a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) será revogada. Segundo a pasta, o objetivo da revogação é não alterar a vida de quem precisa renovar a carteira, além de "reduzir custos e facilitar a vida do brasileiro". Pela resolução, que entraria em vigor no próximo dia 5 de junho, os motoristas que fossem renovar a CNH precisariam fazer um curso teórico e uma prova, além do exame médico (atualmente obrigatório). A resolução também previa que o motorista deveria fazer duas balizas para tirar a 1ª CNH e estabelecia que a carteira para moto passaria a exigir exames nas ruas. "Por determinação do ministro das Cidades, Alexandre Baldy, o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e presidente do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), Maurício Alves, revoga a resolução 726/2018 que torna obrigatória a realização e aprovação em Curso de Aperfeiçoamento para renovação da Carteira Nacional de Habilitação", diz a nota do ministério. De acordo com a assessoria da pasta, a revogação será formalizada "no próximo dia útil", entre segunda (19) e terça (20) da próxima semana.
 

17 Março 2018 - 16:37

Governo federal estuda reajuste para o programa Bolsa Família

Foto: Reprodução

O presidente Michel Temer confirmou que o governo estuda dar um novo reajuste para o programa Bolsa Família. Discursando em Caraguatatuba (SP), interior de São Paulo, para entrega de títulos de regularização fundiária, o presidente destacou que seu governo concedeu anteriormente reajuste de 12,5% no benefício e agora encomendou estudos para um novo aumento. "Tendência dos governos é destruir o que o governo anterior fez, um governo responsável não faz isso", disse Temer, ao destacar que manteve o Bolsa Família, programa fundado pelo governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Nós aumentamos, logo no começo, o programa em 12,5% e agora já mandei fazer estudos para ver se faço um novo aumento", informou.
 

16 Março 2018 - 18:02

Motoristas terão de fazer curso e prova teórica para renovar CNH

Foto: Reprodução

Vai ficar mais difícil renovar a carteira nacional de habilitação (CNH). Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), publicada neste mês, altera as regras do processo de formação e habilitação de motoristas. Entre as mudanças está a inclusão de novas exigências para a renovação da CNH, como realização de curso teórico e uma prova. Também fica mantida a exigência do exame médico, como já acontece hoje para os motoristas das classes A e B (carros e motos de passeio). As novas regras passam a valer a partir de junho. O curso terá uma carga de 10 horas-aula e poderá ser feito presencialmente ou à distância. Após o curso, os motoristas precisarão fazer uma prova com 30 questões – parecida com a aplicada a quem está tirando a primeira habilitação. O exame de aptidão física e mental deve ser repetido a cada cinco anos. Para maiores de 65 anos, o exame será feito a cada três anos. O Ministério das Cidades ainda não deu mais informações sobre as mudanças.