BUSCA PELA CATEGORIA "Jussiape"

27 Novembro 2018 - 18:06

Prefeito de Jussiape é multado pelo TCM em R$ 6 mil

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

O prefeito Eder Jakes Aguiar (MDB), da cidade de Jussiape, foi multado na última quinta-feira (22), pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). O relator do parecer, conselheiro José Alfredo Rocha Dias, multou o gestor em R$6 mil pelas irregularidades apuradas durante o exame da documentação das contas referentes ao exercício de 2017. Segundo informou o TCM ao site Achei Sudoeste, apesar da penalidade, as contas foram aprovadas com ressalvas. A análise dos relatórios técnicos indicaram irregularidades como a não inserção nos sistema SIGA, do TCM, de elementos indispensáveis à apreciação das contas, irregularidades em processos de inexigibilidade de licitação e o não encaminhamento de contratos à Inspetoria Regional para a verificação mensal. O balanço orçamentário do município apresentou um déficit de R$1.638.947,14, vez que a receita arrecadada alcançou o montante de R$16.481.728,08 e a despesa executada importou em R$18.120.675,22. A despesa total com pessoal representou 55,47% da receita corrente líquida, superando, portanto o limite máximo de 54% estabelecido na Lei de Responsabilidade Fiscal. O gestor deve promover a recondução da despesa ao índice máximo permitido para evitar a rejeição de contas futuras. Cabe recurso da decisão.

Por: Juliana Alves

09 Julho 2018 - 22:20

Prefeitura de Jussiape não realiza festa de emancipação política esse ano

Foto: Patrick Cassiano | Blog Regional

Uma das maiores festas do município de Jussiape não acontecerá esse ano por insensibilidade do gestor. Essa foi a afirmação mais ouvida durante todo o dia na cidade frente à decisão do prefeito Éder Jakes Sousa Aguiar de não realizar a festa dos 56 anos de emancipação política do município nessa segunda-feira (09). A festa tradicional que marcou gerações de jovens, munícipes e visitantes, deixa de acontecer sem uma nota explicativa dos motivos pela abrupta determinação de um gestor que ignora o que resta de importante para seu povo: a Altoestima. Qual o verdadeiro motivo de por fim em uma festa tradicional e grandiosa para o seu povo? Falta de dinheiro com certeza não é, porque foi realizado os festejos juninos no último mês. O que então dependeria apenas da boa vontade política do gestor. Mexer com algo tão tradicional para o povo não é uma boa diretriz nem política de governo a ser aplicada nos primeiros anos de gestão. Porém o povo está vendo tudo, e na hora certa dará  a resposta. Sabemos que estão sendo realizadas algumas obras no município, como recuperação de estradas e pavimentação, mas é preciso também que sejam realizados investimentos na cultura e lazer da população, pois o bem estar social  deve ser considerado uma prioridade.

Por: Juliana Alves

04 Julho 2018 - 09:57

Prefeito de Jussiape é questionado durante festejos por cidadão

Foto: Reprodução | Youtube | Blog Regional

Uma cena inusitada aconteceu durante os festejos juninos na cidade de Jussiape. Um vídeo que circula pelas redes sociais tem causado muita revolta, onde um cidadão que não teve sua identidade revelada faz uma gravação na praça onde acontecia a festa junina, mostrando o prefeito de Jussiape, Éder Jakes, a primeira dama do município, o Deputado Federal Cláudio Cajado e alguns correligionários. No vídeo, o cidadão é ignorado pelo prefeito e sua comitiva quando questiona situações recorrentes no município. "Nessa época deputado vem pra cidade para pedir voto, depois que passa a política eles se esquecem da cidade." Frisou o jovem. Em outro trecho, ao ser questionado pelo prefeito o porque daquela gravação, ele responde que precisa muito conversar com o prefeito, "... eu acreditei no senhor, na esperança do senhor fazer a mudança, mas infelizmente não é isso que está acontecendo..." respondeu. O prefeito simplesmente pede ao rapaz que olhe a cidade como está e vira suas costas, dirigindo a atenção aos seus correligionários e ao deputado que aparenta um desconforto com a situação.  O vídeo tem causado muita revolta na população que faz duras críticas a gestão do prefeito Éder Jakes. Até o momento o prefeito não se pronunciou sobre o episódio.

VEJA O VÍDEO EXTRAÍDO DAS REDES SOCIAIS:

Do Jornal da Chapada

05 Maio 2018 - 16:50

Prefeitura de Jussiape firma contratos de altos valores com empresas e assusta moradores

Foto: Reprodução/Erick Francklin

Uma denúncia foi encaminhada ao Jornal da Chapada, na sexta (4), sobre gastos excessivos realizados pela prefeitura de Jussiape, na Chapada Diamantina. Os moradores estão indignados, e já circula nas redes sociais os extratos dos contratos com destaque para os valores investidos nos serviços de aquisição de gêneros alimentícios, produtos de limpeza, papelaria e gráfica. Os extratos de contratos, assinados pelo prefeito Éder Jakes Souza Aguiar (MDB), foram publicados no Diário Oficial do Município (DOM) do dia 2 de maio, mas os contratos firmados datam de 2 de abril. De acordo com DOM, a prefeitura gastará R$ 197.478,00 na aquisição de “gêneros alimentícios, cárneos, destinados a atender às necessidades do hospital municipal, para o preparo de merenda e para atender às necessidades de diversos setores deste município de Jussiape”. Para obtenção de diversos materiais de limpeza, higiênicos e utensílios domésticos, destinados à manutenção e reposição de todos os setores da prefeitura, a gestão investirá R$ 243.175,00 até o último dia deste ano. Já no setor de papelaria, a prefeitura gastará R$ 655.666,15 para a aquisição de diversos materiais de expediente, escritório e utensílios, que será destinada aos programas ‘Primeira Infância’, ‘TOPA’, ‘Brasil Alfabetizado’ e demais necessidades do município. Outro extrato de contrato destacado do Diário Oficial, que circula nas redes sociais, é o com uma gráfica. Nele, a empresa contratada receberá o valor de R$ 315.674,05 para prestar serviços na confecção de materiais gráficos para a manutenção das secretarias de Jussiape. Todos os contratos citados têm vigência até dia 31 de dezembro deste ano. O internauta que enviou a denúncia para o JC promete que estará acompanhando o posicionamento da prefeitura a este respeito. “Vamos ficar de olho nos políticos da nossa região, já não vivo mais na Bahia, principalmente na Chapada Diamantina, mas tenho muitos parentes e amigos que vivem por aí”. O jornal tentou contato com a gestão municipal, mas até o fechamento desta matéria não obteve êxito. As imagens que ilustram esse texto são das páginas 7, 10, 14 e 17 do Diário Oficial do Município que foram destacadas em arquivos que circulam nas redes sociais. Para ver o arquivo completo basta clicar aqui e ir nas páginas citadas.

Reprodução Jussiup

29 Novembro 2017 - 13:31

Após audiência com o governador Rui Costa, prefeito de Jussiape Éder Jakes anuncia investimentos para o município

Foto: Divulgação

Na tarde da última terça-feira (28), por volta das 14h, o prefeito de Jussiape Éder Jakes (PMDB) participou de uma audiência com o governador do Estado da Bahia Rui Costa (PT), em Salvador. Logo após o encontro, que também contou com a presença do deputado estadual Marcos Viana (PV), foram anunciadas pelo gestor investimentos que beneficiarão diretamente o município. Éder informou que conseguiu “uma importante obra para o município”, como a liberação de recursos pelo Governo do Estado para a urbanização da entrada da cidade: onde foi contemplada com a construção de um portal e uma pista de ciclismo e de caminhada, margeando a pista que dá acesso à cidade. O prefeito ainda comunicou que abordou na audiência a implantação do sistema de abastecimento de água, que será provido pelo Rio Taquari, sistema que terá mais de 350 ligações domiciliares, beneficiando aproximadamente 800 pessoas na região. 
 

08 Setembro 2017 - 21:06

Prefeito de Jussiape exonera esposa do cargo de secretária de Assistência Social

Foto: Patrick Cassiano | Bahia Verdade

Hilda Rejane Assunção Ribeiro Aguiar, esposa do prefeito do município de Jussiape, o médico Eder Jacks Souza Aguiar (PMDB), foi exonerada do cargo de secretária municipal de Assistência Social. O ato foi uma recomendação do Ministério Público Estadual, o qual vem investigando acúmulo ilegal de cargos públicos em vários municípios baianos. "A nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau [sic], na administração pública direta e indireta dos três poderes viola a Constituição Federal", diz trecho da recomendação.